Sair da zona de conforto 

Por vezes precisamos que alguém nos diga “Arrisca, pode dar mer** mas vai em frente”

Sem ninguém por perto que me diga isso, resta me encher o peito de ar e assumir essa responsabilidade. Sair da minha zona de conforto e ir à procura. À procura de algo melhor,  ou quem sabe até pior, mas algo diferente. Saber que tentei, em vez de me contentar e continuar a lamentar. 

Anúncios

4 thoughts on “Sair da zona de conforto 

  1. Costumo dizer quando algum colega vai embora que siga, tanto pode dar certo como errado, as consequências apenas ficam para quem tomou a decisão. E as consequências​ não têm de ser necessariamente mau. Se der merda olha deu…. Levantas, sorris, e segues. (O que eu também devia fazer). 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s