Armada em costureira modo páscoa

Este ano decidi dar uso à maquina de costura, e ter uns miminhos “made by me” para dar pela Páscoa .

Nota Mental:
Lembrar de começar a fazer as coisas com alguma antecedência perante a data em questão e não no dia anterior .
Anúncios

Fui eu que fiz..

Já fiz varias peças de roupa inclusive bikinis e triquinis mas nunca imaginei que poderia fazer tambem lingerie , principalmente um Soutien, e até o ter terminado fiquei sempre na duvida que poderia conseguir essa proeza.

Foi na Companhia das agulhas  seguindo as instruções da Susana do blog sucobysusana

que consegui consegui fazer um conjunto de lingerie (soutien+cueca) que saiu bem melhor – modéstia a parte-  do que aquilo que eu poderia esperar

20180208_173046773713934.jpg

O modelo usado foi o  Simplicity 8228 –  tendo sido feita uma adaptaçao do molde do soutien.

 

20180208_1839571062020012.jpg20180201_204611690757169.jpg20180208_1953371575905275.jpg20180215_1844591763080489.jpg20180215_193956709455333.jpg20180208_202530112151129.jpg20180215_1948441482194307.jpg20180222_2033461934600609.jpg

 

#armada em costureira

O meu pai apareceu aqui por casa com um retalho de flanela com bolso naquilo que um dia pertenceu a uma camisa.  Queria que eu fizesse um género de bainhas para aproveitar o bolso existente para guardar o cadeado da mota. 

Obviamente que não fazia sentido fazer bainhas ali. Não da forma que ele queria. Arranjei um resto de um outro tecido e fiz uma bolsa (ou algo do género) mantendo à mesma o bolso existente. 

E o resultado foi este,  melhor do que a ideia que ele trazia!! 

Armada em costureira #14

Na segunda aula de costura passei ao modelo que me tinha levado ali. Modelo esse que me deu para duas aulas, sendo que houve mudança de professora entre aulas e aparentemente elas tinham ideias diferente. Foi me dito pela segunda , indirectamente , que eu não devia ter feito este modelo, pois segundo ela este era um dos modelos mais difíceis que tinham e só davam a alunas mais experientes. Também as indicações eram contrárias e a confecção realizava-se de formas diferentes,sei e tenho consciência que cada pessoa têm a sua maneira para fazer determinada coisas, mas uma pessoa dizer-me totalmente o contrário que outra me disse não é muito agradável. Confesso que me senti um pouco frustrada nesta aula por tanta informação contraditória.

Apesar de o modelo em si poder não ser fácil, concordo, consegui acaba-lo sem grandes ajudas e não ficou assim tão mau.

Ei-Lo!!

 

Armada em costureira #13

Um pouco mais treinada no mundo da costura, voltei à escola para me aventurar nos fatos de banho, acho que é o projecto que toda a gente deseja aprender quando vê os resultados de uma boa imaginação misturada com algum tecido e uma maquina de corte e cose .

Não comecei pelo projecto que queria por a professora que estava comigo me ter dito que deveria ter malha para fato de banho, coisa que eu não tinha.  Pelo que comecei pelo básico , o que também  é importante.  E da iniciação à lycra na corte e cose resultou isto.

 

 

cam05354.jpg