#armada em costureira

O meu pai apareceu aqui por casa com um retalho de flanela com bolso naquilo que um dia pertenceu a uma camisa.  Queria que eu fizesse um género de bainhas para aproveitar o bolso existente para guardar o cadeado da mota. 

Obviamente que não fazia sentido fazer bainhas ali. Não da forma que ele queria. Arranjei um resto de um outro tecido e fiz uma bolsa (ou algo do género) mantendo à mesma o bolso existente. 

E o resultado foi este,  melhor do que a ideia que ele trazia!! 

Anúncios

Armada em costureira #14

Na segunda aula de costura passei ao modelo que me tinha levado ali. Modelo esse que me deu para duas aulas, sendo que houve mudança de professora entre aulas e aparentemente elas tinham ideias diferente. Foi me dito pela segunda , indirectamente , que eu não devia ter feito este modelo, pois segundo ela este era um dos modelos mais difíceis que tinham e só davam a alunas mais experientes. Também as indicações eram contrárias e a confecção realizava-se de formas diferentes,sei e tenho consciência que cada pessoa têm a sua maneira para fazer determinada coisas, mas uma pessoa dizer-me totalmente o contrário que outra me disse não é muito agradável. Confesso que me senti um pouco frustrada nesta aula por tanta informação contraditória.

Apesar de o modelo em si poder não ser fácil, concordo, consegui acaba-lo sem grandes ajudas e não ficou assim tão mau.

Ei-Lo!!

 

Armada em costureira #13

Um pouco mais treinada no mundo da costura, voltei à escola para me aventurar nos fatos de banho, acho que é o projecto que toda a gente deseja aprender quando vê os resultados de uma boa imaginação misturada com algum tecido e uma maquina de corte e cose .

Não comecei pelo projecto que queria por a professora que estava comigo me ter dito que deveria ter malha para fato de banho, coisa que eu não tinha.  Pelo que comecei pelo básico , o que também  é importante.  E da iniciação à lycra na corte e cose resultou isto.

 

 

cam05354.jpg

Armada em costureira #7

Este projecto foi inpirado neste video .

E nele, aproveitei os restos dos tecidos utilizados nos Calções e no cachecol com capuz.

O projecto em si é bastante simples, mas mesmo assim -como sempre- consegui complicar e na altura de coser o elástico cosi do lado errado, e lá foi desmanchar e voltar a coser, felizmente percebi antes de coser tudo o resto à volta.

 

img_20160131_113705.jpg

Forrei também um botão com o tecido utilizado ( com a ajuda de um objecto próprio oferecido pelo belelinho)

cam05388.jpg