Butt first, Let me take a Selfie

Um dia destes enquanto corria deparei me com uma situação deste género.

Fonte: pesquisa google _ oversite.com.br

Uma rapariga sozinha junto ao rio, com um bastão Selfie a forçar sorrisos para tirar uma selfie.

Não querendo ofender ninguém, e até percebo que uma pessoa ao conhecer e visitar novos locais queira ter fotos de recordação onde apareça, e fazendo-o sozinho o mais fácil é através de selfies, mas foi das coisas mais 4ever alone que vi nos últimos tempos.

A Observação Inspirou me…e vou partilhar com vocês algumas sugestões para tirarem selfies


Continuar a ler

Continuação de um sonho…

Alguns chamariam maluquice… Eu chamo lhe teimosia.
Sair do calor da minha cama confortável de madrugada para obrigar o meu corpo a sair para o frio que se faz sentir na rua .

Parece uma ideia excelente no dia anterior, quando pensamos que para compensar o treino não realizado nesse dia basta acordar cerca de 40 minutos mais cedo no dia seguinte, para cerca de meia hora de corrida antes de se iniciar a ida para o trabalho …

Tudo muito bonito,
o que custa é concretizar essa ideia quando o desperta toca no dia seguinte as 6h15 e se está tão bem na caminha. (sim é difícil para todos – e o “não vou, vou, não vou”, faz parte )

O segredo é nem pensar muito no assunto, empurrar o edredon para trás e depois colocar uma perna após a outra fora da cama. Vestir rapidamente a roupinha de forma automática sem dar muito tempo para que o nosso cérebro processe bem a informação.

Escusado será dizer que convém colocar qualquer coisa no estômago antes de se sair de casa. O mais aconselhável (isto não é científico) é comer algo rápido e que não pese muito no estômago.. Eu opto pó uma peça de fruta, guardo o “grande” pequeno almoço para o pós treino .

Hoje, depois da minha argumentação comigo mesma, e já fora de casa com o relógio a marcar 6h31,

image

Para além do frio(que para ser sincera, nem parecia assim tanto) ainda não havia qualquer vestígio de sol e não se via praticamente ninguém na rua – mesmo assim nos meus 5km de corrida ainda consegui encontrar mais 2 “malucos” como eu.

E como as pessoas que se portam bem são recompensadas, partilho com vocês a minha recompensa de hoje, directamente patrocinada pela Natureza, e a qual eu não poderia ter admirado se me tivesse deixado ficar no conforto dos meus lençóis.

image

image

Um sonho…. que passou do sono para o despertar.