A motivação do chocolate

Mais um dia em que sabia que devia ir correr, embora não tivesse vontade nenhuma de o fazer.
Chegar a casa depois do trabalho não fez a vontade aparecer
O tempo, como em tom de cumplicidade, não sorriu, sugerindo que o melhor era eu ficar sossegada em casa embrulhada num edredão.
Obriguei me a comer 4quadradinhos de chocolate, na esperança que esses quadradinhos ao aumentarem o peso do meu cu aumentassem também o peso na minha consciência, e que essa então me obrigasse a meter este cu pesado em movimento.
Lá sai de casa, reticente, e pela primeira vez – que me lembre- durante os breves minutos em que o relógio procurava o sinal GPS dei comigo a lutar contra uma louca vontade de voltar de imediato para casa.
O relógio apanhou finalmente o sinal, segui caminho, num percurso rotativo,  uma volta, seguida de uma segunda, uma terceira e uma quarta. 7km no total.
O objectivo que tinha para hoje foi cumprido. E afinal não custou assim tanto.
Só um bocadinho vá….

Anúncios

Quando…

… Quando,se anda com pouca motivação e se tem pouco – ou nenhum – treino de corrida nos últimos tempos e, a faltar 10min para a prova começar,  ainda estamos à espera que a vontade de correr apareça,  só o simples facto de insistir em fazer os 10km para o qual se está inscrito é uma vitória, principalmente se esses 10km tiverem muitas subidas,  e se não tivermos o companheiro do costume.

Uma vitória pessoal para apenas uma única paragem numa longa subida – das muitas existentes – e um tempo “não brilhante” mas, sem que eu estivesse à espera ou pudesse sequer imaginar, melhor que o de muitas outras provas que já fiz .

…Há dias assim!!

Confesso…

… que ontem não me apetecia nada ir correr.

Os motivos eram mais que muitos.
Com poucas horas de sono, tive de acordar cedo para trabalhar.
Fiz horas extra no trabalho de forma imprevista .
Cheguei já tarde a casa, com coisas para arrumar, jantar para fazer… E o sofá a chamar me para perto dele.
Tinha boas deculpas, e pouca vontade de calçar os ténis, sair de casa e gastar 1h do pouco tempo que me restava a correr.

Mas eu gosto de ser teimosa, e é neste dias cheios de imprevistos que descubro que posso ser forte – ou apenas insânia – , até podia não cumprir a distancia ou a velocidade proposta para o treino, mas bolas, ia tentar.

E lá fui, não vou dizer que me senti maravilhosamente bem, porque não é verdade, estava cansada, o meu corpo queria descanso, do 2km ao 4km chamei-me vários nomes – curiosamente foi uma das vezes em que não me cheguei a questionar o porquê de estar a fazer aquilo – mas no final senti-me satisfeita. Para além de cumprir com o proposto, o treino acabou por ser produtivo, e desconfio que ainda me fez uma recarga de bateria que me permitiu ainda ficar por uns tempos acordada.

Uma dica importante que constatei durante este treino:

Se quiserem um pouco de motivação pelo caminho, usem uma t-shirt do Benfica durante o treino. Vão ter muitos apoiantes a incentivar-vos pelo caminho.

image