E chegou “a semana” – Momento de descontracção #3

Oh maeeee aquela miuda bateu-me 🙂
Tadinho do menino.

Anúncios

ROUND 1 – Eu Vs Balança

 

Nunca fui adepta de dietas, talvez porque nunca me importei muito com o meu peso.

O meu problema com a balança começou na semana a seguir ao meu mestre me propor subir ao Ringue.

A pesagem lá em casa, por norma, é feita sempre em jejum, sendo o momento em que o corpo reune as mesmas condiçoes dos outros dias,  e tenho assim resultados mais realistas. O problema é que desconfio que a Balança lá  de casa é um pouco simpática ,e tem por habito marcar uns kgs a menos,  pelo que me decidi em deslocar-me a uma farmácia para ter a confirmação do peso. E eish que aparece o nº 61. 45kg

image

Cerca de 2kg a mais que me faz combater numa categoria de 65kg.

E o problema na categoria de pesos, não é só o de combater com uma possivel pessoa com mais 4kg do que eu, mas também a grande probabilidade, de uma adversaria com 65 kg ser mais alta que eu.

Então o objectivo é baixar dos 60kg, e tentar chegar aos 57kg, para poder ter uma margem de peso.

Informei logo em casa, que teria de evitar certas coisas.

E é neste momento em que penso em evitar, ao maximo, certo tipo de comidas , que o “fruto” proibido se torna o mais apetecido, e eish que de repente, só me apetece hamburgueres, Pizzas, gelados, crepes e Afins. Mas tento manter forte. E eish que, a Srª Minha mãe não me levando a sério, resolve fazer nessa mesma semana todo o tipo de comidas, doces e bolos. 

image

 Para ajudar ainda mais a desviar-me do “caminho correcto”veio a semana de férias ao Norte do pais, sem treino e com muita comida, claro está que o resultado não podia ser muito bom.

 

No Sábado seguinte às férias , e aproveitando a avaliação corporal gratuita, no 1º Aniversário Correr Lisboa /Treino Solidário , verifiquei os estragos das férias com os seguintes resultados.

image

Com um peso ligeiramente acima do que tinha antes das férias e com alguma gordura corporal a mais. porquê é que as francesinhas crepes, croissant e outros dos género são tão deliciosos?!?

Próximos dias que se seguiram foram, assim como os que se seguem serão, de algum contenção com a comida.

Não usando a palavra dieta – porque essa, se um dia a decidir fazer, será depois de uma consulta num nutricionista – mas sim a de contenção, sem grandes privações de alimentos, vou apenas tentar conter-me a comer certas coisas, e menores quantidades. Claro que o mais importante de tudo será o exercício, que terá de ser aumentado para queimar aquilo que eu não quero deixar de comer.

Vamos ver no que dá.

Vamos subir ao ringue?

À cerca de uma semana o meu mestre lançou me o pânico de me querer em um Combate para o final de Maio, inicio de Junho.

 

Embora já faça Kickboxing à cerca de 4 anos não sou do género  de atleta que nasceu para subir ao ringue.
Apesar de já ter feito dois combates, tendo o ultimo sido à mais de 2 anos, sempre tive alguma falta de confiança, e, tenho perfeita noção que para alem de alguma falta de “jogo”, há também uma falta de maldade da minha parte( que é essencial neste tipo de desporto).377865_117355891715014_228115462_n

Depois de já ter recusado algumas vezes voltar a combater , resolvi dizer sim desta vez (sem pensar muito no assunto), e afinal fica sempre um bichinho de voltar a subir ao ringue.

Tenho cerca de dois meses de preparação pela frente, para aumentar resistência (com cardio), força e técnica.
E prometo aplicar – me, só espero que o corpo aguente…

Para além de treino existe o problema da balança, mas isso é assunto para outro post.
 

Medalhas para Portugal do Word Muay thai

 

A FPK1DC (Federação Portuguesa de K1 e Desportos de Combate) esteve no campeonato do Mundo de Muay Thai na Tailandia 2014, a representar portugal com 7 atletas. Fabio Teixeira, Diogo Calado, Maria Lobo, Rui Botelho, Carolina Silva, Malyck Tavares e Ariana Santos

Foram 6 os que combateram e todos eles vão regressar a Portugal com medalhas. Foram 4 ouros conquistados por Ariana santos, Maria Salomé Lobo, Malyck Tavares, Rui Botelho , e 2 de prata conquistadas por Fábio Teixeira, Carolina Silva

Estão todos eles de parabéns, pelo esforço, empenho, dedicação, e conquista, representando muito bem o nosso país mesmo não tendo o reconhecimento e apoio que muitos outros atletas, de outras modalidades têm .