Segunda-feira 

Andei eu a comprar mil e um bikinis no fim de semana, para agora chegar à segunda feira e deparar me com este cenário de inverno… 

Tivesse eu sido informada e teria comprado antes umas galochas. 😥

Anúncios

Segundas feiras

Um estrangeiro que me vê pelas primeiras vezes, pára junto a mim, e em bom português (garanto que foi melhor que o JJ) me diz “és muito bonita”

Boa um elogio para reforçar o ego e começar bem a semana

Um outro, este já português, jovem adulto e aparentemente saudável que se dirige a mim perguntando pelo elevador para ir para o 2 piso.  Penso para com os meus botões – lamento imenso mas aqui vais mesmo ter de ir de escadas.

Segundas-feiras

As segundas são sempre muito complicadas. 

Acordar sem despertador. Passar pelo trânsito. Tentar arranjar uma sombra para estacionar a mota. Escolher um  sitio para estender a toalha, ter atenção para a colocar na direcção do sol. Deitar na toalha lembrando de mudar de posição de quando em quando, que nem um frango no churrasco. 

Mas eu era capaz de me habituar a isto. 

Segunda- Feira, como eu te adoro

Segunda Feira

Adoro..

Fonte: Pinterest

  

Aquela segunda-Feira depois de um fim-de-semana (sim porque existem aquelas segundas em que ou estamos de folga ou de férias).

Entrar as 9h da manhã e ter de apanhar trânsito na ida para o trabalho e na volta para casa.

Ter de ser forçada a fazer cálculos mentais para passar no meio dos carros. Apertar embraiagem soltar embraiagem, estar a atenta a possibilidade de aproximação de motão com mais experiência, deixar passar o motão para ele me abrir caminho, tentar ter a confiança para ir à mesma velocidade do motão para não o perder de vista. Travagem apertada, estar atenta aos condutores aos zigzags com telemóveis na mão. Subir mudanças, reduzir mudanças, prever mudanças de direção não sinalizadas e que os próprios condutores ainda não sabem que as vão fazer.

 

E é por tudo isto que eu adoro uma segunda feira nesta cidade cheia de gente.

O dia mais infeliz de 2015

Fui informada pelo Jornal i que hoje é o dia mais infeliz do ano 2015.
O dia é designado por Blue Monday (mais info na Wikipedia) e têm como causa, segundo os especialistas, a meteorologia, as promessas de Ano Novo que não conseguimos cumprir e até a ansiedade provocada pelos excessos alimentares cometidos durante as épocas festivas havendo mesmo uma  formula especifica para calcular o dia exacto.


Se é o dia mais triste de 2015, para mim não sei, mas de certeza que não será o mais feliz, e sim a meteorologia no meu caso influencia, uma vez que pouco ao nada dormi esta noite graças ao bailar/cantar do vento, toda a noite passada.